Todos Por um

todosporum_apcas_inr_corecto

Projeto cofinanciado pelo Programa de Financiamento a Projetos pelo INR, I.P

A Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal pauta a sua intervenção nos diferentes domínios da sua esfera de ação, pela defesa proactiva da integração de todas as pessoas com incapacidades, em particular com Paralisia Cerebral.

A Escola, instituição que espelha a sociedade em todas as suas vertentes, reflete não só os aspetos positivos mas também os espinhos da problemática da integração.
Com a alteração do paradigma educativo, a Escola tornou-se multifacetada e com suprema missão de integrar as crianças com necessidades educativas especiais de carácter permanente, proporcionando-lhes cenários de aprendizagem em igualdade de oportunidades com os restantes alunos.
Esta conceção será tanto mais interiorizada pelos atores do teatro educativo, quanto mais diversificadas forem as atividades globalizantes, ou seja, que requeiram a participação de todos os alunos, independentemente da sua condição e perfil pessoal.
Com base nestes pressupostos, a concretização de uma atividade que envolva a prática desportiva e simultaneamente a consecução de valores de cidadania na sua plenitude, afigura-se como um passo em frente na Escola inclusiva, numa escola verdadeiramente para todos, em que união se centraliza no conceito de  “todos por um…” e esse é cada um de nós.

Quem pode participar:
Todas as escolas da Península de Setúbal podem participar. Para tal, devem criar uma equipa que traduza a realidade da escolas, de alunos com e sem Necessidades Educativas Especiais.

A APCAS compromete-se a:
Dar apoio técnico e logístico aos docentes promotores da iniciativa. Organizar momentos de competição/recreação entre todas as escolas.

Quem são os parceiros?
Desporto Escolar, Direção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo e Câmara Municipal do Seixal